Dia do queijo: Perini promove festival e dá dicas de harmonização

Quando pensamos em queijo, também vem à mente o sortimento e a qualidade dos queijos da Perini, que realiza nesta quarta (20/01), Dia Nacional do Queijo, até 7 de fevereiro, festival em parceria com a marca Tirolez. Há uma variedade de queijos: brie, emmental, gruyère, parmesão, camembert, gorgonzola, provolone, gouda com preços especiais. A rede também está com promoções de vinhos para acompanhar e harmonizar com perfeição. As dicas de harmonização são do especialista e representante da Tirolez, João Osmário.

Osmário vai produzir uma mesa especial para o Dia do Queijo, na Perini Vasco da Gama. “Os queijos serão destaques, mas terão a companhia de alguns acompanhamentos que fuxicam bem com o alimento, como pães, geleias, frutas secas e naturais”, revela. E a sua principal dica de harmonização é: “respeite o seu gosto e faça a combinação que quiser, desde que agrade ao seu paladar”. Agora, antes de pensar o que combina com o que, é importante saber qual quantidade servir por pessoa: 250g de queijo, 150gr de pães e 1 garrafa para cada 2 pessoas.

Quanto aos tipos de queijos, há aqueles com sabor forte, como gorgonzola e roquefort; os fortes com textura dura: parmesão, grana padano e gruyère (tipo suíço); os queijos firmes, mas com sabor suave, ementhal, gouda e reino, e os cremosos suaves, como brie, camembert e Saint Paulin. “Seria bom escolher de 4 a 6 tipos de queijos de cada uma dessas categorias para agradar a todos os paladares, mas o gorgonzola não pode faltar. Esse queijo é como a carne seca da feijoada, tem que estar presente e, se acompanhado de um vinho do Porto, melhor ainda”, diz

De acordo com o especialista, cada categoria de queijo pede um tipo de vinho para acompanhar com harmonia. Os queijos de sabor forte combinam bem com vinhos tintos encorpados (Malbec, Cabernet Sauvignon, Shiraz, Merlot). Queijos brie, camembert e Saint Paulin (cremosos suaves) fazem par perfeito com os tintos leves (Cabernet Franc, Pinot Noir). Já o ementhal, gouda e reino podem ser servidos com tintos leves ou brancos secos. Ao servir queijos parmesão, grana padano e gruyére, abra um vinho tinto leve ou um branco seco.

Osmário lembra que o vinho deve ser servido a uma temperatura entre 17º e 18º graus. “Se não estiver na temperatura certa, o sabor e o aroma ficam comprometidos”, alerta. E para fechar as dicas de harmonização, “para sobremesas como cheesecake de limão, mousses ou creme de papaya, os vinhos leves finalizam muito bem”, garante o especialista em queijos e vinhos da Tirolez e parceiro da Perini.

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.