CLÍNICA INVESTE EM RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA PARA COMBATER VÍRUS E BACTÉRIAS

Para além das orientações e protocolos de biossegurança e saúde como a utilização de álcool em gel, óculos, máscaras reforçadas, pró-pé e jalecos descartáveis, clínicas e hospitais estão buscando novas formas de desinfecção dos ambientes. Hospitais e grandes clínicas de São Paulo adotaram em suas práticas equipamentos com radiação ultravioleta (UV) como alternativa para reduzir o contágio pelo novo coronavírus, embora ainda não exista nenhuma pesquisa que comprove a eficácia da radiação artificial UV-C contra o Sars-Cov-2 (causador da atual pandemia de covid-19). O uso está baseado em estudos mais antigos que mostram sucesso em destruir o Sars.

Já utilizada para esterilização de hospitais, aviões, escritórios, fábricas e até da água (onde seu uso começou), a radiação ultravioleta é capaz de destruir a capa proteica e o material genético dos vírus, aniquilando-os. O equipamento que usa a luz ultravioleta para esterilizar ambientes contaminados foi criado e patenteado por pesquisadores de física da Universidade de São Paulo (USP), age sobre fungos, bactérias e vírus e pode ajudar no combate às infecções hospitalares. Pensando em reforçar ainda mais as medidas de prevenção e buscando a excelência nos protocolos de biossegurança, a clínica odontológica Spazio Oral traz para Salvador o uso dessas práticas no dia a dia do consultório.

“Estamos sempre atentos às novidades do mercado, buscando o que há de mais moderno em tecnologias de alta performance e investindo em equipamentos de última geração que ofereçam um ambiente ainda mais seguro para os profissionais e pacientes”, explica Dylton Neto, dentista e sócio da Spazio Oral.

Assim como os equipamentos de radiação ultravioleta, as lâmpadas de LED ultravioleta, utilizadas em hospitais para matar ou neutralizar vírus e bactérias, também estão sendo trazidas para a clínica. “A combinação dos dois equipamentos é altamente eficaz para esterilizar ambientes e superfícies contaminadas. Nossa filosofia é incorporar tecnologia e saberes de biossegurança em nossas práticas, atentos às atualizações das medidas de precaução visando a prevenção e controle de infecções”, destaca José Medeiros Filho, também dentista e sócio da Spazio Oral. Os novos equipamentos têm previsão de chegarem no mês de junho.

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.