Restaurações, correção de fraturas, pequenas imperfeições na anatomia, dentes escuros e facetas são algumas das vertentes da resina utilizada em tratamentos odontológicos em prol da reabilitação do sorriso. O composto é amplamente utilizado na odontologia com diversas finalidades.
“A restauração dentária é uma das principais aplicações da resina nos dentes. Conhecida popularmente como “obturação”, é realizada para recuperar a estrutura dos dentes após danos causados pelas cáries”, explica Dra. Lilian Pauperio,  dentista, formada pela Ufba com quase 30 anos de atuação na área. Vale lembrar que no passado essa cobertura era feita principalmente com amálgama de prata. O resultado era uma coloração acinzentada na área.
“Graças à evolução da odontologia, resinas mais resistentes começaram a ser produzidas, com durabilidade semelhante ao material tradicional, mas apresentando uma aparência muito mais natural”, informa Dra. Lilian.  A resina é constituída de uma parte orgânica e outra parte inorgânica que se une aos dentes através de um adesivo aplicado diretamente na cavidade dentária após remoção da cárie e preparação do local.” Em alguns casos, não é necessário desgastar os dentes, aplica-se o material restaurador, no caso, a resina, sobre os dentes, cada caso é avaliado de forma individualizada “ explica Dra Lílian Pauperio
Pacientes com Bruxismo (apertar e/ou ranger dos dentes) também podem fazer restaurações e facetas de resina, tomando o cuidado com o planejamento e o ajuste oclusal da arcada dentária, haja vista que o bruxismo leva ao desgaste da estrutura dos dentes, causando problemas mecânicos e prejudicando a estética do sorriso. A resina pode ser utilizada para recuperar a forma e a função original do dente.
Outra utilização da resina é na fabricação de facetas que corrigem cor, tamanho ou formato dos dentes. Trata-se de um tratamento para casos de desalinhamento dentário que não exigem procedimentos ortodônticos, manchas e na correção da desarmonia do sorriso. Os resultados são rápidos, naturais e satisfatórios.
Os benefícios da resina nos dentes
Os principais benefícios da resina nos dentes variam de acordo com a aplicação do material. A maior vantagem da resina é o seu aspecto semelhante à coloração natural dos dentes, fazendo com que ela conquistasse espaço nos tratamentos de restauração por causar menor impacto estético do que a amálgama.
Outro ponto é a durabilidade, já que a resina apresenta uma resistência considerável, o que a torna uma opção interessante para a correção duradoura de fraturas e danos causados pelas cáries.
No quesito custo, a resina nos dentes é bastante acessível. Esse leque de características faz com que o seu uso seja cada vez mais amplo na odontologia.
Cuidados após aplicação
A Dra. Lilian Pauperio alerta acerca de simples medidas que devem ser adotadas após a aplicação da resina nos dentes. “A alteração da cor com o passar do tempo, de acordo com hábitos de higiene e alimentação está sujeito a ocorrer, para evitar esta situação e garantir a durabilidade do material, são necessários alguns cuidados”, destaca. “É essencial que o paciente evite o consumo em excesso de alimentos com pigmentos fortes, como café, chá e vinho, assim como o hábito de roer unhas e mastigar canetas ou materiais duros”, complementa.
A dentista também ressalta a importância de utilizar escovas adequadas, realizar a higiene bucal e evitar cigarros. “Todos esses hábitos são essenciais para garantir a maior durabilidade e resultados satisfatórios por mais tempo”.