Projeto da MALI será da Carboni Arquitetura

Um combinação de simplicidade, clima praiano e descontração: tudo isso no meio da Avenida Tancredo Neves, uma das mais movimentadas de Salvador. Esse desafio foi o ponto de partida para as arquitetas Ynis e Ysis socias do escritório Carboni Arquitetura, para iniciar o projeto da MALI.

O novo empreendimento de Salvador, que mescla esporte, gastronomia e entretenimento está envolto por uma “selva de pedras”. “Quando surgiu a proposta para elaborarmos o projeto da MALI, imediatamente tivemos uma enxurrada de ideias. Primeiro nós estudamos o entorno, e como o terreno está mergulhado no miolo comercial soteropolitano, onde reinam os prédios e shoppings, o partido arquitetônico foi da criação de uma atmosfera diferente de quem “vive” a Avenida Tancredo Neves. Além disso, o projeto traz a possibilidade de fugir da cidade, mesmo estando dentro dela”, explica Ynis Carboni. Para isso, as rodas de altinha, as partidas de futevôlei e frescobol – que já existem há anos nas praias de Salvador – serviram de inspiração O projeto traz axé, o dendê, a temperatura da Bahia de antigamente, as casas dos pescadores no litoral; o ar fresco que as pessoas tanto esperam após seus dias de trabalho, ou nas férias e finais de semana.

Assim, o projeto nos permite sentir, nos conecta com o agora.  Nos leva para aquela casinha simples, mas tão aconchegante, onde pode tirar o sapato, ficar à vontade e pisar na areia. “O objetivo é que as pessoas escapem da atmosfera dos escritórios e se entreguem a um espaço completamente diferente. Que joguem uma partida de futvolei, tomem uma ducha fria, bebam água de um filtro de barro, comam uma comida de qualidade e o principal, que elas recarreguem as energias para que quando retornarem ao trabalho, o estresse tenha diminuído”, diz.

A arquitetura é rústica, sem muito vidro e zero porcelanato, com muita simplicidade e ao ar livre. “Nos telhados, utilizamos telhas de barro avermelhadas, o piso é de cimento clarinho, e temos muita coisa de madeira. Praticamente sem paredes, para que o ar circule e a sensação de estar ‘livre leve e solto’ prevaleça. O bar fica de frente para as quadras, onde quem almoça ou faz um lanche tem a sensação de estar numa arquibancada assistindo uma partida. Com certeza é um projeto que agrega muito à cidade”, finaliza Ynis. A Mali é uma parceria da 2GB Entretenimento (Binho Ulm, Guto Ulm e Zenon Bittencourt) e dos empresários Victor Bastos, Pedro Moura e Matheus Queiroz. O empreendimento vai ocupar uma área de 1700 metros quadrados e deve ser inaugurada já no próximo mês de junho.

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.