A ortodontista Júlia Torres vai bater um papo com a farmacêutica Lívia Schettini, hoje (16), às 19h30

Sensibilidade, essências e bem-estar. Essas são as características da aromaterapia que tem efeitos terapêuticos e até mesmo fisiológicos advindos de suas propriedades bactericidas, antifúngicas e antivirais. Para bater um papo sobre o tema, a ortodontista Júlia Torres, aceitou o convite da farmacêutica Lívia Schettini para apresentarem juntas a live ‘Como a aromaterapia pode melhorar sua ida ao dentista?’, HOJE (16), às 19h30, no perfil @drajulia_torres.

No encontro, elas irão abordar a importância de trabalhar a memória olfativa e como a aromaterapia pode ser utilizada em favor do paciente, para promover o relaxamento. “O olfato é o estimulo sensorial mais primitivo e que não é tão trabalhado por nós. A relação olfato – cérebro é dada de forma direta pelas células, ou seja, não passa por um processador, como o campo da visão e o tato, que são sentidos muito trabalhados pelo ser humano no dia a dia”, explica Júlia Torres.

Com o objetivo de gerar boas associações na visita ao dentista, Julia Torres utiliza a aromaterapia em seus pacientes na Spazio Oral. “Quem não lembra daquele cheirinho da casa da avó, da comida gostosa? São aromas que nos remetem diretamente a outro ambiente ou tempo passado, uma memória olfativa positiva do passado. O objetivo é usar justamente a aromaterapia para colocar um aroma no ambiente que remeta ao relaxamento ou à concentração, por exemplo”. No encontro, Julia e Lívia também vão trazer dicas práticas para quem deseja utilizar a aromaterapia e quais os melhores óleos essenciais para cada momento da odontologia.