Ansiedade e transtornos alimentares são temas de debate em live promovida pela Clínica SiM

O assunto virou alvo de discussões na internet diante do comportamento de alguns participantes do BBB em relação a comida que preocuparam os telespectadores

Comer apenas ovo e fruta é sinal de transtorno alimentar? Até onde uma dieta restritiva ou longo período de jejum são considerados saudáveis? Comer muito pão é compulsão alimentar? Muitas questões envolvendo hábitos alimentares ganharam maior visibilidade recentemente diante da atitude de alguns participantes do reality show Big Brother Brasil 2022 em relação a comida. Os episódios lançam luz ao debate sobre transtornos alimentares, que afetam 5% da população brasileira, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o equivalente a cerca de 10 milhões de pessoas. De acordo com a psicóloga da Clínica SiM e membro do Centro de Transtornos Alimentares de Fortaleza, Juliana Cruz Sousa, as causas desses distúrbios podem ser psíquicas, provocadas por fatores socioculturais, fatores hormonais e até mesmo pela genética.

Para debater o assunto com o público, a psicóloga vai participar de uma live nesta quinta (10), às 19h30, com a influencer baiana Sheila Matos (@sheuba_) no perfil da Clínica SiM (@clinica.sim) pelo Instagram. No encontro, Juliana vai abordar a relação entre ansiedade e transtornos alimentares, como perceber os sinais desses distúrbios e a importância de entender o funcionamento da nossa mente para garantir o autocuidado e o controle da saúde, além de responder as perguntas do público.

“Muitas vezes, a associação entre ansiedade e transtornos alimentares está diretamente ligada a fatores que vão muito além de questões psicológicas e acabam afetando o funcionamento do organismo. Essa relação costuma ter como base problemas emocionais associados à culpa, frustração, questões mal resolvidas e baixa autoestima”, explica Juliana.

A Clínica SiM conta com uma equipe de psicólogos para atendimento presencial na unidade recém inaugurada no Shopping Center Lapa, assim como consultas online, através do aplicativo CartãoSiM.

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.