Procedimento queridinho de muitos artistas e celebridades, as lentes de contato nos dentes são uma das alternativas indicadas para quem deseja aquele sorriso branco e impecável. São capas ultrafinas de cerâmica, colocadas de forma minimamente invasiva, ou seja, com pequeno desgaste nos dentes, com o objetivo de branquear e corrigir a estética do sorriso. Junto com a procura pelo tratamento, surgem muitas dúvidas e até alguns mitos relacionados às lentes de contato dentárias. Pensando nisso, os dentistas e sócios da Spazio Oral, Dylton Neto e José Medeiros Filho, explicam as principais dúvidas de quem deseja aderir ao procedimento.

Para quem o procedimento é indicado?

“As principais indicações são para os pacientes que querem mudar a cor dos dentes, fazer a correção de tamanho, forma e textura, para fechamento de diastemas, que são aqueles espaços entre os dentes, além de mudanças no contorno dentário”, explica Dylton Neto.

Quanto tempo leva para o tratamento ser finalizado?

Em média, o tempo total do tratamento com lentes de contato, desde o preparo até a finalização, costuma durar quinze dias. Porém, esse tempo pode ser reduzido quando utilizados equipamentos e tecnologias mais avançadas. “Na Spazio Oral, por exemplo, a gente consegue otimizar o tratamento e entregar esse resultado em cinco dias por conta dos nossos investimentos em tecnologia. Devido à alta previsibilidade dos softwares utilizados na clínica, com escaneamento digital, juntamente com nosso laboratório de alta performance e fluxos e processos rápidos, finalizamos todo o projeto em menos de uma semana, como foi realizado, recentemente, com o sorriso da nossa paciente, a modelo internacional Samela Goes. Ela reside no México e veio à Salvador só pra colocar as lentes dentárias e precisávamos ganhar tempo – o que é uma característica oferecida pelo nosso serviço Conexão Sorriso”, comenta José Medeiros Filho.

O procedimento desgasta os dentes?

O desgaste é mínimo, destaca Dylton Neto. “Ele é feito para arredondar os ângulos e garantir uma adaptação perfeita das lentes. Estamos sempre investindo em tecnologia e novos equipamentos, como por exemplo as lupas, microscópio e uso motor elétrico – que dá maior controle nos preparos -, com o objetivo de realizar um tratamento mais confortável e conservador possível”.

Como funciona a manutenção?

Entre os benefícios do uso das lentes dentárias, está a baixa manutenção, já que as lentes têm muita resistência e alta estabilidade de cor, ou seja, não mancham nem mesmo com café ou vinho tinto, explica José Medeiros. “O tratamento é muito longevo, com taxas de sucesso de 96% em 10 anos. As consultas periódicas são indicadas para uma limpeza preventiva e avaliação da integridade das lentes”.

Quais os cuidados necessários?

Os cuidados são os mesmos adotados com os dentes naturais: evitar mastigar alimentos muito duros, evitar roer unhas e não usar os dentes para abrir embalagens, além de manter a boa higiene. Os dentistas destacam que pacientes com bruxismo precisam ser orientados a usarem uma placa oclusal estabilizadora e, em alguns casos, pode ser indicado o uso da Toxina Botulínica nos músculos da mastigação. “As lentes de contato são extremamente seguras e previsíveis. O diagnóstico adequado permite um planejamento preciso e resultados mais satisfatórios, com preservação máxima de estrutura dentária”, garantem.