Ocupando o lugar de “queridinho” entre a nova geração, o design minimalista chega a 2021 como uma das principais tendências de decoração em todo o mundo.

 

Apostando no ‘menos é mais’, o minimalismo na arquitetura e decoração defende que investir em peças conceituadas oferece sofisticação, leveza, personalidade e conforto a qualquer ambiente.

“É um estilo onde a máxima “menos é mais” é levada extremamente a sério. Os espaços são montados com uso de poucas cores, objetos de decoração e móveis. Apesar da presença de menos elementos nos ambientes, isso não torna mais fácil montar o ambiente nesse estilo. A disposição dos móveis e escolhas deles precisa ser bem pensada, para não dar a sensação que está faltando algo no ambiente”, afirma o arquiteto baiano Márcio Barreto.

Presente no vestuário, alimentação, arte, design, arquitetura e decoração, o conceito minimalista parte do princípio de que se pode viver com o essencial, reduzindo-se os excessos e o consumo supérfluo, reforçando conceitos de sustentabilidade, responsabilidade social e arquitetura sustentável.

 

Com surgimento datado nos anos 60, o termo minimalismo surgiu para definir uma série de movimentos artísticos e culturais que utilizavam o mínimo recurso possível na elaboração de suas obras. Com expoentes como Dan Flavin, Frank Stella, Mies van Der Rohe, Robert Morris e Sol LeWitt, o movimento utiliza poucos elementos fundamentais como base para expressões nas mais diversas áreas.

“Iniciou-se em meados dos anos 80 e vem ganhando cada vez mais adeptos. Está ligado ao estilo de vidas das pessoas, levando uma vida mais leve e simples, desapegando do consumismo em excesso”, explica o arquiteto, gestor do escritório Arquitetura do Barreto.

 

Investindo em traços limpos, cores claras e neutras em suas composições, o minimalismo pode ser aplicado em qualquer ambiente, independente de ser casa ou apartamento, pequeno ou com grandes dimensões.

 

Ganhador dos prêmios Portobello + Arquitetura, Destaque Sustentabilidade Nacional em 2018, e ambiente destaque nos sete conceitos da Mostra Morar Mais por Menos – edição Salvador 2018, Márcio Barreto revela 5 dicas para quem deseja apostar na arquitetura minimalista na hora de construir e reformar.

 

Confira abaixo: 

01 – Use o mesmo piso e revestimento na maior quantidade de ambientes da casa. Dessa forma você dará continuidade aos acabamentos entre os ambientes, dando uma sensação de amplitude.
02 – Utilize a mesma cor, variando apenas o tom, no máximo de acabamentos que puder. Piso, paredes e móveis com cores bem próximas.
03 – Crie para os ambientes uma iluminação bem distribuída, se possível aproveite ao máximo a iluminação natural através de grandes janelas.
04 – O uso de materiais naturais como madeiras e pedras claras darão um ótimo efeito sofisticado ao ambiente.
05 – Como a tendência é o uso de poucos móveis, capriche na escolha deles. Opte por móveis com linhas retas ou suaves e de ótima qualidade.

Para saber mais sobre o escritório Arquitetura do Barreto, arquitetura minimalista e solicitar orçamentos, acesse o site arquiteturadobarreto.com ou a página do Instagram @ARQUITETURADOBARRETO.