Reformas e pequenas mudanças podem ser a solução para um ambiente barulhento, explica o arquiteto Márcio Barreto

O aumento no home office agravou uma situação já conhecida por quem mora em apartamentos: o barulho causado por vizinhos. Residências em avenidas de grande movimento, janelas próximas a áreas de tráfego e ruídos provenientes de outros imóveis, são alguns dos desafios de quem busca silêncio e tranquilidade em casa.

A estrutura construtiva de casas e apartamentos “normalizou” a convivência com ruídos externos, a exemplo de vizinhos, ruas comerciais e avenidas de grande circulação; assim como barulhos provenientes de instalações hidrossanitárias, e sons provocados por aparelhos eletrônicos, como ventiladores e ar-condicionado.

Para oferecer conforto e bem-estar a quem precisa trabalhar em home office, ou para quem busca somente tranquilidade e silêncio em casa, o isolamento acústico tem sido uma excelente solução de adequação.

“Barrar os sons externos torna o espaço mais relaxante, trazendo sensação de paz e tranquilidade. Uma boa noite de sono sem interrupções diminui o estresse, cansaço mental, irritação e outros problemas trazidos pelos excesso de barulho que ouvimos. O silêncio também ajuda a aumentar a concentração, principalmente nesse momento em que muitos estão trabalhando em home office”, destaca o arquiteto e urbanista Márcio Barreto.

Cortinas com tecidos grossos e pesados, artigos de decoração que ajudem na absorção de ruídos, tapetes e mantas são algumas opções fáceis e acessíveis para quem não quer reformar, mas deseja uma ajuda na redução de barulhos. “É importante entender que o som se propaga no ar e qualquer fresta que permita a entrada de vento transmitirá o ruído, por isso, precisamos pensar na casa como um todo”, explica Márcio.

Destacando a diferença entre isolamento acústico e absorção acústica, o arquiteto – referência baiana em arquitetura acessível e ganhador dos prêmios Portobello + Arquitetura, explica que enquanto a absorção acústica tem como objetivo abafar o som dentro do espaço que ele é produzido, o isolamento acústico impede que o som entre ou saia do ambiente onde o ruído está sendo produzido.

“Para quem trabalha home office, soluções em isolamento acústico podem ser mais indicadas do que medidas de absorção. Reuniões online, períodos de estudo e necessidade de concentração demandam silêncio, tranquilidade e bem-estar”, recomenda Márcio Barreto.

Para quem deseja, ou precisa, de soluções para a redução de ruído, Márcio Barreto lista quatro dicas simples e que podem ser feitas com a ajuda de um profissional:

1 – Aposte no uso de elementos decorativos que absorvam ruídos, como cortinas de tecidos grossos, tapetes e almofadas;

2 – Que tal usar o abafador de ruído tipo concha?! Aqueles abafadores que os funcionários da construção civil e fábricas usam. Ele ajudará a diminuir o ruído naqueles momentos que você precisar de concentração total, sem distrações do ambiente;

3 – Invista em janelas e portas antirruído. Elas devem ser previstas ainda na construção, mas também podem ser instaladas fazendo uma reforma.

4 – Precisa de silêncio? Solicite ao seu arquiteto a instalação de forro de gesso com tratamento acústico. Faz toda a diferença!

Para saber mais sobre Isolamento Acústico ou solicitar um orçamento de projeto, acesse o site arquiteturadobarreto.com ou a página do Instagram @arquiteturadobarreto.