Está em cartaz até o dia 26 de janeiro na Caixa Cultural Salvador, a exposição ‘Hiperrealismo no Brasil’, do artista Giovani Caramello. Reconhecido pela expressividade de seus trabalhos, o único escultor hiperrealista brasileiro com notoriedade internacional assina, pela primeira vez na carreira, uma mostra individual institucional. São 10 obras, entre esculturas e maquetes – em silicone, resina e terracota – que reproduzem, com impressionante precisão de detalhes, figuras humanas altamente expressivas.

Salvador/ Bahia/ Brasil
Exposição Hiper-Realismo de Giovanni Caramello na Caixa Cultural Salvador.
Foto: Rafael Martins/ CAIXA CULTURAL
Data: 19/11/2019

Entre os trabalhos expostos na mostra, destaque para a obra ‘Nikutai’, com impressionantes 2,5 metros de altura, e ‘Sozinho’, primeira escultura da carreira do artista, uma criança franzina de expressão triste, com sardas e olhos verdes, que veste uma capa do Batman. Salvador é a primeira cidade do Nordeste a receber uma seleção de obras do artista. Autodidata, Caramello tem 29 anos e pelo menos oito deles dedicados às esculturas. Em seu trabalho, busca traduzir questões relacionadas à efemeridade do tempo e propõe uma reflexão sobre o conceito de que tudo um dia cessa, chega ao fim. A exposição tem visitação gratuita de terças-feiras a domingos, das 9h às 18h, na Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro).

Salvador/ Bahia/ Brasil
Exposição Hiper-Realismo de Giovanni Caramello na Caixa Cultural Salvador.
Foto: Rafael Martins/ CAIXA CULTURAL
Data: 19/11/2019

Serviço:
Exposição ‘Hiperrealismo no Brasil – Giovani Caramello

Local: Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro)

Período: de 20 de novembro de 2019 a 26 de janeiro de 2020
Horário: terça-feira a domingo, das 9h às 18h
Classificação indicativa: 14 anos
Entrada franca

Informações: (71) 3421-4200