Conheça as patologias que mais afetam os pés e tornozelos

O pé e o tornozelo constituem a base de sustentação e alicerce do corpo humano

Quantas vezes você olhou para os seus pés com atenção? Muitas vezes escondidos em sapatos e meias, os pés que são formados por ossos, articulações, músculos, tendões e ligamentos costumam ser negligenciados e até abusados com o risco de sofrerem lesões. É provável que eles só chamem a atenção quando há algo errado, seja na aparência ou por apresentarem alguma dor ou desconforto.

Sabe-se que aproximadamente 80% da população tem alterações nos pés, sendo que a maioria poderia ser amenizada e as dores prevenidas com orientação de calçados adequados e exercícios específicos. No entanto, em 90% dos casos, o tratamento é feito apenas quando há presença de dores crônicas ou problemas secundários relacionados aos pés, como entorses de tornozelo ou dores associadas em outras articulações.

Para ajudar você a mudar de hábitos e cuidar melhor dos pés, ortopedistas e cirurgiões de pé e tornozelo do Itaigara Memorial Clínica do Pé e Tornozelo explicam um pouco sobre as patologias mais comuns em consultórios: fascite plantar, joanete e entorses e lesões ligamentares de tornozelo. Confira:

Fascite plantar

A fascite plantar é um processo degenerativo e inflamatório que afeta a fáscia plantar, um tecido fibroso, pouco elástico, que recobre a musculatura da sola do pé, desde o osso calcâneo até os dedos dos pés. A doença pode ocorrer quando há muita tensão ou uso excessivo da fáscia, o que pode provocar dor e dificuldade para caminhar.

Na fascite plantar, a dor no calcanhar normalmente é mais forte ao levantar pela manhã e dar os primeiros passos ou quando a pessoa está sentada por muito tempo e depois se levanta para caminhar. As dores também se agravam ao subir escadas, estar longos períodos em pé ou, pelo contrário, estar demasiado tempo em repouso antes de iniciar uma caminhada. Em alguns casos, pode verificar-se algum edema do próprio calcanhar ou até mesmo do tornozelo.

Grande parte dos portadores de fascite plantar se beneficia com o tratamento conservador, que inclui repouso, aplicação de gelo no local e sessões de fisioterapia para promover o alongamento de estruturas, como a própria fáscia plantar, o tendão de Aquiles e os músculos da panturrilha.

Hálux Valgus (Joanete)

O Hálux Valgus, conhecido popularmente como Joanete é uma deformidade óssea causada pelo desvio lateral do dedão ou do dedo mínimo do pé, deixando-o mais saliente do que o normal. Essa doença costuma ser mais frequente nas mulheres que nos homens, devido ao uso de sapatos de bicos finos, apertados ou saltos altos, que contribuem para a deformidade ou provocam o agravamento dela. Ela tem um caráter genético, normalmente com relato de outros casos na família.

O tratamento do Hálux Valgus consiste em orientações de usos de calçados específicos, em casos iniciais leves ou que não tem progressão. Em casos onde exista dor ou progressão da deformidade, pode ser necessária a cirurgia. Que deve ser individualizada para cada caso.

Entorses e lesões ligamentares do tornozelo

A articulação do tornozelo sustenta todo o peso do corpo, faz a interface entre a perna e o solo e, na prática de esportes, frequentemente é acometida por torções. A entorse é considerada o motivo mais frequente para atendimentos emergenciais e, muitas vezes, está associada a lesões mais graves que podem requerer cirurgia.

Para uma assistência especializada, o Itaigara Memorial Clínica do Pé e Tornozelo conta com um grupo renomado de ortopedistas especialistas em pé e tornozelo. Composto por Dra. Carolina Cunha Moraes, Dra. Gabriela Silveira Nonato, Dra. Janice de Souza Guimarães, Dr. Marcus Vinicius Mota Garcia Moreno, Dr. Marilton Jorge Torres Gomes e Dr. Túlio Eduardo Marçal Vieira, a equipe realiza desde consultas médicas até cirurgias minimamente invasivas no Itaigara Memorial Hospital Dia. Cuidem dos seus pés. São eles que nos fazem ir cada vez mais longe!

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.