Aplicativo brasileiro de delivery expande para Portugal e tem primeira startup do país a receber certificado de exportação de serviço

Um marco para as startups: certificado da Apex foi entregue ao app Giross

O Brasil acaba de receber uma conquista que eleva o país no ramo tecnológico. Pela primeira vez, uma startup nacional é certificada pela Apex com o Programa de Qualificação para Exportação. O reconhecimento, dado às marcas altamente qualificadas para ingressar no mercado internacional, foi dado ao aplicativo Giross (@girossapp), que agora expande as suas inovações para Portugal e destaca o nome do Brasil na área de Inovação Empreendedora.

Enquanto bilionários brasileiros do delivery estão vendo as suas fortunas desaparecerem após o crescimento desenfreado na pandemia – de acordo com pesquisa da Bloomberg –, o caso da startup que está indo na direção oposta surpreende. Afinal, o Giross é um aplicativo de delivery que atende empresas e pessoas físicas com taxas reduzidas. A marca acumula clientes de peso, como Drogasil, Arezzo e Subway, obtendo grande destaque no ramo farmacêutico.

A obtenção do certificado de exportação junto à Apex é um avanço não só para a própria empresa, mas para o ecossistema de startups no Brasil como um todo. Este feito demonstra que startups nacionais possuem o potencial e a viabilidade para expandirem internacionalmente e competirem globalmente.

✅ Como conseguir o certificado?
Para alcançar tal feito, a marca precisou comprovar a sua real chance de consolidação mundial, com ampliação da rede de clientes, aumento constante de receita e a busca por novas fontes de financiamento, bem como estratégias para barrar a expansão da concorrência.

Assim como este sucesso requer uma extensa fase de planejamento, o Giross conquistou seu lugar de forma gradual e tática. Primeiro, alcançou diferentes prêmios e atestados antes de chegar na sua expansão mundial. Um deles foi o certificado da Anvisa, que ampliou as noções de segurança do app. “Para quem trabalha com transporte de cargas, principalmente medicamentos, é de extrema necessidade que possua o Selo da Anvisa. Esse selo tem como intuito registrar os produtos para certificar que são seguros. Os transportadores que não possuem esse certificado, podem levar multas e até ter a carga apreendida por ser considerada como tráfico”, destaca Vitor Caires, co-fundador da marca, alertando que somente depois de diversas conquistas como esta é que foram para a fase de ampliação global.

Agora, com mais uma conquista de peso, o aplicativo milionário (mais de R$ 6 milhões apenas em 2022), que atua em mais de 340 cidades do Brasil, se prepara para ativar o seu seguro e as suas atuações em diversos outros países. “São mais 45 mil entregadores e um sistema de rotas personalizado, com um processo de avaliação (score) que preserva a reputação da empresa”, explica Filipe Martins, co-fundador.

✅ Motoboys brasileiros dominam Portugal:
Mas não é à toa que o Giross dará início a esta conquista em Portugal. Um facilitador para o aplicativo, certamente, é a quantidade de motoboys brasileiros na região. Essa predominância brasileira é tão expressiva que o periódico português Jornal de Notícias veiculou uma matéria declarando que “os brasileiros constituem a espinha dorsal no ramo de entregas” no país. Este domínio é resultado de uma convergência de fatores, que vão desde a simplicidade para ingressar na atividade de entrega até uma nova onda de imigrantes recém-chegados.

Além disso, os brasileiros desfrutam de um acordo bilateral que possibilita, para imigrantes regularizados, a substituição da carteira de habilitação brasileira pela portuguesa sem a necessidade de exames adicionais. Esse acordo tem desempenhado um papel fundamental em facilitar a integração dos brasileiros no mercado de trabalho de entrega em Portugal.

Gabriela Bandeira
Comunicativa, antenada e com atuação há mais de 16 anos na área de assessoria de comunicação, Gabriela Bandeira é jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com curso de extensão na Universidade de Jornalismo de Santiago de Compostela (Espanha). Em 2019, reuniu toda a sua experiência e expertise em comunicação estratégica e conteúdos digitais, com atuação há mais de 12 anos no segmento de shopping center, e abriu a própria agência: a Comunicando Ideias. Filiada à Associação Brasileira de Agências de Comunicação (ABRACOM), possui alcance na Bahia e outros estados do Nordeste.